5 problemas e soluções para trabalhar em home office

Cada vez mais pessoas trabalham ou pretendem trabalhar em home office. Afinal, não é todo mundo que consegue se adaptar às peculiaridades do ambiente corporativo tradicional — ou você pode simplesmente não aguentar mais perder horas e horas do seu dia no trânsito ou em reuniões improdutivas.

Uma pesquisa feita pela Dell e pela Intel em 2014 mostrou que, já naquele ano, 56% dos profissionais brasileiros realizavam parte do trabalho em casa — e 32% consideravam o home office mais produtivo do que trabalhar num escritório comum.

Mas, como tudo na vida, trabalhar em casa tem suas vantagens e desvantagens. Se você faz home office em tempo integral ou apenas alguns dias por semana, certamente já deve ter experimentado alguns problemas capazes de tornar essa experiência tão difícil quanto se estivesse em um escritório tradicional.

Foi pensando nisso que preparamos este artigo. Aqui, vamos mostrar os 5 problemas mais comuns enfrentados por quem trabalha em casa, com direito a dicas para ajudar você a solucioná-los da melhor maneira possível.

E aí, ficou interessado? Então, siga a leitura e veja como fazer do seu home office um lugar perfeito para o trabalho!

1. Encontrar motivação para trabalhar

Quando são só você e o seu laptop, pode ser bem difícil reunir a motivação necessária para começar todas as manhãs. Mesmo quando consegue iniciar suas atividades, manter o ritmo de trabalho, às vezes, pode demandar um esforço árduo — e o seu pique tende a diminuir na hora do almoço.

Solução: crie uma rotina para o seu dia

Em vez de confiar em explosões internas de motivação, confie em um cronograma definido que lhe diga quando é hora de trabalhar e quando você deve fazer uma pausa. As rotinas tornam mais fácil manter uma agenda e ficar motivado para fazer o seu trabalho.

Aqui, uma boa dica é aderir ao famoso Método Pomodoro de produtividade, no qual você estabelece um período de foco total a uma tarefa, com pequenos intervalos a cada sessão. Assim, você pode, por exemplo, dedicar 30 minutos à escrita de um texto, descansar 5 minutos e retornar à atividade até terminá-la. Bem mais fácil, não?

2. Ser produtivo sem ter outras pessoas por perto

Para nos mantermos produtivos, bem como para nos responsabilizar pela quantidade e pela qualidade do trabalho que realizamos, é comum nos acostumarmos a confiar em um chefe ou em colegas. Ao trabalhar em home office, essa responsabilidade pode desaparecer, podendo dar aquela temida sensação de isolamento capaz, até mesmo, de diminuir a autoestima.

Solução: encontre um parceiro de responsabilidade

As coisas podem ficar mais fáceis se você encontrar um parceiro responsável. Essa pessoa pode ser um colega de trabalho que também atue remotamente ou, até mesmo, alguém que possa trabalhar com você em sua casa. O importante é manter contato ao longo do dia para atualizá-la do seu progresso, e vice-versa.

Outra maneira de escapar do isolamento e não matar o seu networking é marcar reuniões presenciais ou combinar com outros colegas de trabalharem todos juntos em um café ou na casa de alguém — espaços de coworking também são excelentes opções para isso.

Por fim, use a flexibilidade de trabalhar em home office a seu favor: sempre que possível, organize o seu dia e dedique algum tempo para uma caminhada ou um cafezinho com um velho amigo.

3. Encontrar a área certa para o seu escritório

Há quem acredite que o sofá da sala pode se transformar em um escritório de trabalho. Isso, no entanto, cai por terra assim que a pessoa descobre que o sofá não é assim tão confortável — segurar seu laptop no colo não é bom nem para o seu pescoço, nem para suas costas.

Além disso, os outros habitantes da casa continuarão caminhando ao seu redor enquanto você estiver tentando trabalhar — e a televisão, logicamente, estará sempre ligada.

Solução: você precisa ter um espaço à parte para trabalhar em paz

Esqueça a moleza do sofá e transforme um dos seus quartos em um escritório. Se você não tiver muito espaço, escolha um local com boa iluminação e que seja capaz de acomodar uma pequena mesa. Você não precisa de muito mais que uma porta e uma mesa para ter um cantinho adequado.

4. Lidar com distrações e ruídos do ambiente

Sons altos, música, gritos, pegarem o telefone no meio de uma chamada importante, precisar de sua ajuda enquanto você está ocupado com um projeto: lidar com distrações e os ruídos do ambiente pode tornar o trabalho em casa muito mais difícil.

Estar junto à família é maravilhoso, mas misturá-la ao trabalho pode resultar em desastres. Lembra daquele vídeo viral do correspondente da BBC? Pois então.

Solução: tenha uma secretária terceirizada

Nem sempre você conseguirá silenciar as crianças ou prever quando a televisão no quarto ao lado será ligada no último volume, mas pode garantir que nenhuma dessas coisas aconteça enquanto você estiver ao telefone.

Existem vários serviços de terceirização de chamadas que podem ajudá-lo a manter a ilusão de um espaço de trabalho silencioso e sereno. Além disso, essa tecnologia permite que o seu número nunca fique ocupado, garantindo o atendimento (inclusive simultâneo!) de todos os seus clientes.

5. Manter a vida pessoal separada da profissional

Quando o seu escritório está no mesmo lugar no qual você pode relaxar, manter sua vida profissional separada da pessoal pode ser especialmente difícil — afinal, é muito fácil se perder nas tarefas domésticas ou nas distrações comuns a toda casa.

Solução: crie rituais para marcar o início e o fim do trabalho

Crie um ritual próprio para dizer a você mesmo que a hora de trabalhar chegou. Logo após acordar, você pode, por exemplo, tomar banho, trocar de roupa, tomar café da manhã, ler algumas notícias e, só então, sentar-se para trabalhar.

É mais fácil adotar essa estratégia se você tiver um espaço próprio de trabalho: após fechar a porta do escritório ao final do dia, admita que o expediente acabou e vá aproveitar a noite com a sua família.

Ter esses rituais é a chave para manter a vida familiar e pessoal separada da sua carreira. Invente os seus!

Viu só como trabalhar em home office exige vários cuidados? Se você gostou das nossas dicas e deseja receber, em primeira mão, mais novidades sobre trabalho e produtividade, assine já a nossa newsletter: é grátis e vai direto para a sua caixa de mensagens. Até o próximo artigo!

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer deixar um comentário?
Compartilhe sua opinião com a gente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *