Ambiente de trabalho e produtividade: entenda agora essa relação

A capacidade produtiva do ser humano é potencializada por meio de inúmeros fatores. O ambiente de trabalho é um item que, quando bem explorado, expande os horizontes de uma mente ativa e criativa.

Segundo a Dra. Maureen Dollard, diretora do Centro Ásia-Pacífico de Saúde e Segurança no Trabalho — um dos mais renomados locais de estudos da área — o ambiente de trabalho saudável para nossas mentes e corpos é aquele capaz de equilibrar produtividade com as preocupações envolvendo o bem-estar do profissional.

É importante manter atenção quanto à faixa etária da equipe de trabalho. Gerações diferentes respondem de forma diferente ao ambiente e aos costumes implantados na rotina profissional. Cabe ao gestor identificar estes pontos e traçar o melhor planejamento que alie o ambiente de trabalho com as expectativas das pessoas, extraindo o que elas possuem de melhor.

Por isso, preste atenção em quais cuidados devem ser tomados para construir um ambiente de trabalho saudável!

Permita a flexibilidade responsável

Foi-se o tempo onde a máxima que vigorava nos escritórios era a da “pressão traz resultados”. Um local propício à criação e ao alto rendimento dificilmente vingará com sucessivos choques psicológicos. A única coisa fomentada será o estresse.

Portanto, muitas empresas têm apostado na flexibilidade como forma de manter os profissionais engajados e motivados a buscarem soluções mais criativas, eficientes e que resultem em um menor custo tanto para eles quanto para a empresa.

Não pense que uma maior flexibilidade é sinônimo de menos responsabilidades. Muito pelo contrário. Por exemplo, a possibilidade que muitos profissionais têm em trabalhar de casa não os coloca em posição de abandonar os deveres acordados, e sim mostrar que tais direitos conquistados podem ser bons para todos no final.

Imagine um editor de áudio e vídeo que investiu pesado em um home studio para incrementar suas produções audiovisuais e, consequentemente, seu portfólio na área. Torna-se natural para o gestor dar a liberdade para que esse profissional conclua muitas — se não todas — das produções em casa, ainda mais se a empresa não dispuser de um equipamento de porte equivalente.

Dê significado ao trabalho

Tudo é feito melhor quando feito com amor. Nem só de dinheiro são feitas as recompensas no mercado de trabalho. É preciso compreender os valores e a missão da empresa para que isso reverbere na equipe e, assim, todos se identifiquem com o posicionamento dela na sociedade.

É muito mais coerente quando olhamos sob a ótica humanitária o objetivo que nos motiva a levantar e encontrar soluções no dia a dia da nossa vida profissional. Contagiamos os outros, e sentimentos de lealdade e companheirismo são reforçados. Uma das recomendações para incentivar a percepção da missão dentro da empresa é promover um maior contato com a sociedade a partir de atividades externas, não deixando com que o trabalho fique exclusivamente nos escritórios.

Não tenha medo de mudanças

Tentar consertar o que merece ser descartado é perda de tempo. Mudanças fazem parte da vida de qualquer companhia. Muitos ganhos são alcançados quando o medo do novo não fisga os gestores. Veja alguns exemplos:

  • uma nova ferramenta digital de comunicação pode ser mais eficaz que a antiga (atualmente obsoleta);
  • escritórios compartilhados podem ser a solução para o problema de manutenção da empresa;
  • redistribuir tarefas, criar novas ou até extinguir outras podem corrigir o deficit no workflow.

Discuta com seus colaboradores e, se for necessário, encoraje a mudança na rotina. É importante saber interpretar o que rende mais e menos no ambiente de trabalho, nunca deixando de ouvir os profissionais ali presentes que poderão também trazer novidades.

Abra espaço para o diálogo

A hierarquia é fundamental em organizações e sistemas de trabalho. Porém, nunca é aconselhado que o modelo adotado tenha perfil centralizador. Dar espaço ao diálogo para todos na equipe é pautar o ambiente na democracia, na descentralização e garantir autonomia aos profissionais para que mantenham o espírito motivado e engajado.

A discussão é essencial para que o colaborador também exponha seu descontentamento com algo específico, pois para um ambiente de trabalho manter harmonia, tanto a empresa quanto o profissional precisam fazer a sua parte. Quando as medidas para fomentar o bem-estar no ambiente de trabalho são tomadas, nada mais justo do que esperar por uma dedicação de igual valor da equipe. A comunicação é o melhor caminho para que arestas sejam aparadas e ideias arejadas.

Certifique-se das condições de segurança

Nada pior para alguém do que ter a saúde física colocada em risco. Um ambiente de trabalho em hipótese alguma deve ser reconhecido como insalubre. As condições de segurança devem ser respeitadas e periodicamente avaliadas para que os riscos sejam minimizados e até eliminados. O rendimento é sempre melhor quando não há a preocupação de possíveis acidentes rondando o pensamento da equipe.

Aqui vão alguns pontos para se prestar atenção:

  • confira se a rede elétrica precisa sofrer alguma troca na fiação;
  • cheque o funcionamento de equipamentos que possam apresentar riscos;
  • verifique o nível ergonômico em que a equipe trabalha. Uma cadeira pouco confortável é o principal vilão para a coluna;
  • promova capacitações em segurança do trabalho.

Reforce a cultura da empresa

Quando o trabalho é feito sob a bandeira de uma companhia, nada mais natural do que vestir a camisa e sentir-se parte de uma cultura organizacional. Uma empresa é o reflexo de quem a faz. Ao entendermos a premissa, fica fácil reparar nos detalhes que identificam a equipe profissional e a “personalidade” da empresa. O ambiente deve então ser um local que inspire know-how e credibilidade.

Decore o ambiente de trabalho de acordo com a identidade da empresa e desenvolva uma ligação profissional entre os colegas de trabalho. Crie grupos de discussão de temas pertinentes à indústria, faça com que todo o layout e atmosfera do local reflita e incentive o compartilhamento de conhecimento. Isso reforça a implantação de uma cultura de sucesso no atual dinamismo que o mercado vive.

Evoluir o bem-estar no ambiente de trabalho em conjunto com o alto rendimento produtivo é quase garantia de vida longa e próspera nos negócios. Depois de montar uma equipe competente, o desafio é mantê-la. Desprezar os cuidados devidos com o ambiente de trabalho dá margem para redução na produtividade e, em seguida, perda de profissionais talentosos.

Achou o artigo interessante? Quer contribuir com alguma outra informação? Deixe um comentário aqui para continuarmos a discussão do assunto!

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer deixar um comentário?
Compartilhe sua opinião com a gente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *