Entenda a diferença entre endereço comercial e endereço fiscal

Você já se perguntou o que é endereço comercial e endereço fiscal? Sabe como ambos funcionam na prática? Muita gente fica em dúvida quando vai abrir uma empresa ou contratar algum serviço, mas é preciso saber a diferença entre um e outro.

Distinguir tais conceitos é uma tarefa fácil, mas vale a pena ficar por dentro do que se trata, exatamente, cada um. E, para que você acabe de uma vez com a dúvida quanto ao que é endereço comercial e endereço fiscal, preparamos este artigo. Continue lendo e esclareça os principais pontos sobre o assunto!

O que é endereço comercial?

Vamos começar pensando em como uma empresa se apresenta, no local em que faz negócios e onde recebe correspondências ou pessoas. Logo que você se interessa por pesquisar sobre uma companhia, faz o que? Confere se ela tem site e perfil no Facebook (ou outras redes sociais), não é mesmo?

Se você reparar, a maioria das marcas divulga um endereço em cada um desses lugares. Trata-se do endereço comercial delas.

Tal modalidade, portanto, é utilizada em todos os meios de comunicação de um empreendimento. É o local onde se recebe aquele cliente importante para tomar um cafezinho e fazer negócios, que consta no site da empresa, nas mídias sociais, nos cartões de visita e em outros materiais de papelaria.

Por fim, na hora de divulgar um negócio, o que deve estar presente é o endereço comercial. Quando uma companhia se posiciona profissionalmente, é ele que passa a ser usado para construir sua imagem e comercializar seu produto ou serviço.

Em que consiste o endereço fiscal?

Você vai conhecer esse endereço assim que resolver formalizar sua empresa, já que se trata de uma das exigências burocráticas iniciais. Sua finalidade destina-se unicamente às questões formais e tributárias.

E não é algo opcional, mas sim necessário e obrigatório. É o endereço fiscal que será usado para fazer um registro junto à Receita Federal. Nele, constarão os documentos oficiais e principais da companhia, como contrato social, Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ), contratos com clientes etc.

Entretanto, ao contrário do comercial, esse não é, necessariamente, o endereço divulgado no site da empresa, no Facebook e nos cartões de visita, sendo útil para fazer negócios ou receber telefonemas, pessoas e correspondências. Ele pode, tranquilamente, servir apenas para atender às exigências tributárias e de registro.

Quais as principais diferenças entre endereço comercial e endereço fiscal?

Agora você já sabe por que endereço comercial e endereço fiscal não são a mesma coisa, não é? Mas, no dia a dia, qual a diferença e a importância de cada um deles? A resposta é simples: depende do perfil da empresa e do perfil do empreendedor.

Não conseguiu entender? Então, vamos descrever dois perfis de empreendedor e você já vai perceber como funciona:

1. Empreendedor iniciante

Nesse primeiro caso, o empreendedor apenas formalizou sua empresa. Independentemente do motivo pelo qual resolveu sair da informalidade, ele ainda está fazendo apenas o básico por seu negócio.

Os motivos para que alguém formalize seu negócio são inúmeros, mas, na maioria das vezes, têm relação com o lado financeiro. Isso porque, hoje em dia, o cliente exige a nota fiscal e prefere realizar o pagamento de um produto ou serviço no cartão em vez de usar dinheiro.

Como exemplo, podemos pensar em um carrinho que vende pipoca ou cachorro-quente. Se não aceitar cartão, vai deixar de vender.

Nessa fase inicial, a pessoa formaliza seu empreendimento basicamente porque é obrigatório e necessário para sobreviver. A empresa ainda não demonstrou interesse em expandir, ou seja, não está na fase de crescimento.

2. Empreendedor em crescimento

No segundo caso, o empreendedor, além de formalizar, está visando expandir o negócio e aumentar seu faturamento. Ele já passou da fase inicial de atender ao fisco e registrar-se em órgãos públicos: agora, está de olho no aumento de seu lucro.

Estatisticamente falando, a maioria das empresas não passa da primeira fase. E, se o gestor está preocupado com o endereço comercial, certamente visa à expansão do negócio. Ele percebeu, no dia a dia, que a imagem que passa ao cliente faz toda a diferença em seu bolso.

Isso ocorre porque a maioria das pessoas prefere ser atendida por companhias que se posicionam de forma profissional no mercado.

Exemplificando

Para entender melhor, imagine que você trabalha em uma empresa que começou a ter problemas de lentidão no funcionamento dos computadores.

Seu chefe disse que teria um compromisso fora do escritório e que você deveria assumir duas reuniões distintas. Em cada uma delas, seria preciso atender a uma empresa de TI que demonstraria seus serviços. Ao final, você escolheria e apresentaria a melhor opção para resolver o problema de lentidão nos computadores.

Em ambas as reuniões, você gostou das apresentações dos serviços e dos valores apresentados. Todos os profissionais também pareciam muito capacitados para atender às necessidades de seu chefe.

Sem saber quem escolher, você decidiu pesquisar um pouco mais sobre as duas companhias. A primeira tinha um site bonito, que, além dos serviços, trazia a boa localização do escritório e um telefone fixo. Além disso, a página mostrava a fachada do prédio em que trabalhavam (que, por sinal, era moderno e bonito).

Já a segunda empresa também tinha um site, mas o endereço registrado era residencial, em um bairro afastado do centro. Isso sem contar que não havia um número fixo de telefone, apenas celular.

E então? Qual das duas opções apresentar a seu chefe? Provavelmente, você escolheria a primeira, pois parece mais profissional e passa uma maior sensação de segurança.

Com esse exemplo, fica fácil perceber a real importância de um endereço comercial e de sua devida apresentação ao cliente.

Por que o coworking pode ser uma boa opção?

As diferenças entre endereço comercial e endereço fiscal estão na finalidade de uso de cada um. Para o empreendedor iniciante, talvez a formalização de seu negócio seja o suficiente. Já para aquele que está pensando em expandir a empresa e ganhar prestígio entre os clientes, é interessante investir em uma melhor apresentação comercial.

Quem não tem dinheiro para investir em uma boa estrutura física e uma secretária conta com opções de escritório virtual e coworking. Esse tipo de solução, além de ter um baixo custo, permite que você consiga um bom endereço comercial e uma secretária que atenda ao telefone fixo em nome de sua empresa (e repasse recados).

Além disso, um coworking — empresa que oferece serviços de escritório virtual — também dispõe de salas de reunião para quando você precisar atender seu cliente.

Gostou de saber mais sobre as diferenças entre endereço comercial e endereço fiscal? Interessou-se em saber como funciona um coworking? Veja por que um empreendedor deve apostar nessa alternativa!

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer deixar um comentário?
Compartilhe sua opinião com a gente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *