Ideia de negócio: você sabe o que é preciso para validá-la?

Validar uma ideia de negócio é o primeiro passo que você deve dar antes de colocá-lo em prática. Em muitos casos, essa ação pode fazer com que você economize tempo e dinheiro em uma estratégia, além de uma maior possibilidade de dar certo.

Neste artigo, vamos mostrar a importância dessa validação e, principalmente, como ela pode ser feita analisando alguns pontos básicos do seu empreendimento, que apresentaremos em forma de perguntas. Acompanhe!

A sua ideia de negócio é clara e objetiva?

Você saberia explicar exatamente como funciona  a sua ideia de negócio? Se um investidor solicitasse um pitch, por exemplo, você saberia explicar com clareza, objetividade e em poucas palavras o que a sua ideia pretende proporcionar?

Antes de ter uma estrutura complexa e sistemática, a sua proposta de negócio deve ser concisa e de fácil entendimento, tanto para você quanto para outras pessoas. Isso contribui para que ela seja aceita mais facilmente pelo mercado.

Por mais que a ideia possa parecer um pouco mais complexa, você precisa aprender a defini-la com clareza e objetividade. Assim, o seu público e os demais envolvidos saberão exatamente do que se trata e terão mais chances de comprá-la.

Ela resolve um problema de um público específico?

Não adianta você criar uma estratégia de marketing, divulgação e persuasão para tentar vender areia no deserto do Saara, por exemplo. Sendo assim, antes de colocá-la em prática, você precisa responder ao seguinte questionamento: a minha ideia de negócio resolve um problema?

Um problema pode ser várias coisas: a falta de estilo de roupa, os equipamentos, as tecnologias, as dificuldades de relacionamento, as necessidades financeiras, as oportunidades de trabalho, entre outros.

O que você precisa ter em mente antes de iniciar o seu empreendimento é a certeza de que ele resolve um problema específico. Avançando um pouco mais no assunto, também devemos analisar outra questão: o público.

Não adianta, por exemplo, criar um programa de emagrecimento para pessoas que já têm corpos sarados ou que não têm interesse em mudar suas rotinas de alimentação e prática de atividades físicas.

Portanto, além de resolver um problema, a sua ideia de negócios deve atingir um público específico, o qual você deverá selecionar com muito cuidado. Um erro nessa etapa pode prejudicar todo o seu empreendimento, mesmo que ele tenha uma boa chance de dar certo.

As pessoas pagariam por sua solução?

Outro ponto importante a ser avaliado para a validação de uma ideia de negócios é a disponibilidade do seu público em pagar por aquela solução. Portanto, até agora temos três elementos que andam de mãos dados nesse processo: problema, público e possibilidade de compra.

Esses três elementos precisam estar em perfeito alinhamento. Pode ser que a sua ideia ofereça a solução de um problema, o público anseie pelo seu produto ou serviço, mas talvez ele seja completamente inviável por diversas situações.

Pode ser caro demais ou difícil de ser acessado. Quando se trata de um produto físico, por exemplo, são inúmeros os fatores que podem interferir nessa etapa.

Para finalizar esses três pontos e passar para uma fase mais burocrática da sua validação de ideias, o que você precisa ter em mente, em primeiro lugar, são as pessoas que serão alcançadas por sua oferta.

Coloque-se no lugar de seus potenciais clientes e crie uma espécie de personagem, mas com problemas, dificuldades e limitações reais. Feito isso, valide sua ideia de negócio moldando-a às características desse indivíduo.

Existem outras pessoas explorando a mesma ideia?

O cenário ideal é de uma ideia de negócio original e sem nenhuma outra semelhante. Dessa forma, você pode ter uma mina de ouro em suas mãos.

Ser um pioneiro na criação de um negócio proporciona grandes vantagens competitivas e, principalmente, a oportunidade para moldar o mercado da maneira mais conveniente para o seu empreendimento.

Quando não há concorrência e um negócio começa a dar certo, obviamente aparecerão outras pessoas querendo abocanhar um pedacinho do mercado. Nesse momento, não há muito que fazer, a não ser quando se tratar de um negócio patenteado.

No entanto, quando os concorrentes começarem a estruturar seus negócios, a sua ideia já pode ter alcançado um nível muito alto e talvez eles demorem anos para chegar a esse patamar.

Assim, também é importante verificar se existem outras empresas que já exploram o mercado. Se a reposta for sim, não há problema. O que você precisará fazer é oferecer um serviço ou produto melhor do que a sua concorrência.

Isso não é algo impossível de se fazer. Muitos modelos de negócios que prosperam nos dias atuais são apenas ideias antigas que sofreram adaptações para atender às novas demandas que surgiram com o passar dos anos.

Sendo assim, o processo de validação da sua ideia de negócio deve passar pela análise e observação analítica e crítica dos concorrentes que atuam na mesma área, se eles existirem em sua localidade.

Sua ideia de negócio é escalável?

escalabilidade é o potencial de crescimento, ordenado e orquestrado, que um negócio é capaz de proporcionar ao longo do tempo. Assim, saber se a sua ideia de negócio é escalável é o mesmo que conseguir identificar se ela pode lhe proporcionar ganhos maiores com o passar dos meses ou anos.

Conhecer esse conceito é de extrema importância antes de colocar em prática qualquer ideia de negócio, uma vez que, um empreendimento que não tem a possibilidade de crescer, simplesmente não é interessante.

Por exemplo, suponhamos que você monte um negócio em que receba R$ 100 a cada hora de trabalho efetivo. Considerando as 24 horas do dia, mas também que nenhum ser humano é capaz de trabalhar a metade disso, como seria possível triplicar os seus ganhos?

Nesse caso, o seu negócio estaria limitado ao fator tempo, sendo impossível escalar e crescer de forma saudável. O pior é que ele seria constituído já com os dias contados para acabar. Portanto, a possibilidade real e efetiva de crescimento, ou escalabilidade, deve ser algo profundamente analisado antes de tomar a decisão de lançar empreendimento no mercado.

Com essas dicas, você poderá fazer uma validação de ideia de negócio de forma simples e, principalmente, eficiente. Assim, as chances de o negócio dar certo serão consideravelmente maiores do que aqueles que não têm habilidade para fazer esse tipo de análise.

Gostou deste artigo? Tem alguma dúvida ou algo a contribuir com este post? Então deixe um comentário logo abaixo. Sua opinião é muito valiosa para nós!

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer deixar um comentário?
Compartilhe sua opinião com a gente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *